A terceira geração do coupé de quatro portas será revelada no Salão de Los Angeles. Terá cinco lugares e motores de seis cilindros em linha.

A Mercedes-Benz está a ultimar os últimos detalhes do novo CLS, que fará a sua estreia ao grande público no Salão de Los Angeles, nos EUA, a 1 de dezembro. Segundo a Autocar, o novo fastback premium (nas imagens praticamente sem camuflagem), que se posiciona entre o Classe E e o Classe S, será lançado no arranque do novo ano e terá cinco lugares (ao contrário dos quatro do antecessor). Feito com base na plataforma MRA, de tração traseira, disporá de componentes e tecnologia em comum com o E e o S. Entre os Diesel terá uma versão de quatro cilindros com 245 cv e os mais potentes seis cilindros em linha com 284 cv e 340 cv. A gasolina, a gama conta com um quatro cilindros de 299 cv e um híbrido convencional com base num seis cilindros a gasolina, com um sistema de 48 volt e um motor elétrico que funciona como gerador, a reunir 367 cv. No topo da gama estará uma versão AMG híbrida com 435 cv.

De série, o novo CLS contará com uma suspensão em aço convencional e jantes de 18 polegadas, tendo uma opção ativa e pneumática em opção, assim como jantes de 19 e 20 polegadas. As opções de chassis são partilhadas com o Classe E, mas a sua afinação é mais orientação para um comportamento desportivo. No exterior, o novo modelo mantem a silhueta do antecessor, destacando-se a tampa da mala de pequenas dimensões e a dupla ponteira de escape cromada.

Por dentro, destaque para o Widescreen Cockpit herdado do Classe S, luz ambiente em LED e bancos com função de massagem. A instrumentação é tradicional e há saídas de ar de formato circular. Destaque para os revestimentos em couro e volante de três raios.

Assine Já

Edição nº 1457
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes