O acordo firmado com governo alemão é uma forma de incentivar a troca de carros a gasóleo por modelos de propulsão alternativa no mercado local.

A Volkswagen está a oferecer até 10 mil euros de incentivo para os proprietários de carros Diesel das marcas do grupo comprarem um carro novo, em território alemão. O acordo celebrado com o governo alemão visa retirar das ruas os carros a gasóleo mais antigos, que emitem mais NOx e CO2, e, ao mesmo tempo, incentivar a aquisição de carros com propulsão alternativa, nomeadamente elétricos, híbridos e gás natural. Nestes casos, os benefícios variam entre mil e 2 380 euros.

Exemplos concretos

Em comunicado é referido que, no caso da marca VW, a compra de um Up novo poderá implicar o desconto de 2 mil euros. Mas num Touareg poderá chegar aos 10 mil euros. Já no que diz respeito à Audi, a retoma começa nos 3 mil euros, mas poderá chegar aos 10 mil, dependendo dos modelos. A Porsche está a oferecer 5 mil euros de redução no Cayenne e no Panamera, por exemplo. A Seat proporciona até 8 mil euros de poupança e a Skoda pode implicar um desconto de 5 mil euros num carro novo. Também a divisão de veículos comerciais da VW está abrangida por esta medida no mercado alemão, sendo que a retoma no caso destes modelos poderá chegar aos 10 mil euros.

Estas condições são válidas até ao final do ano, para modelos com Diesel que variem entre o Euro 1 e o Euro 4.

VW não está sozinha

Recorde-se que na semana passada, VW, BMW e Daimler chegaram a acordo para o recall de 5,3 milhões de carros Diesel, num projeto com um orçamento aproximado de 500 milhões de euros. A Mercedes-Benz está a oferecer 2 mil euros de incentivo na compra de novos modelos Diesel ou híbridos plug-in e mil euros num Smart elétrico. A contrapartida é a entrega de modelos Diesel de Euro 1 a Euro 4. A Daimler estima que existam cerca de 300 mil Diesel Euro 4 nas estradas europeias. A substituição desses carros custaria cerca de 600 milhões de euros à marca de Estugarda. A BMW também anunciou que a troca dos Diesel velhos por um elétrico equivale a um desconto de 2 mil euros.

Assine Já

Edição nº 1458
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes